musicas.mus.br

Letras de músicas - letra de música - letra da música - letras e cifras - letras traduzidas - letra traduzida - lyrics - paroles - lyric - canciones - MARTELO D'O MARCO DO MEIO-DIA - ANTONIO NóBREGA - música e letra

Utilize o abecedário abaixo para abrir as páginas de letras dos artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

Martelo D'o Marco Do Meio-Dia letra


A bandeira do sol estrala ao vento
E soa a minha voz de cantador,
Num protesto do sonho contra a dor,
A pobreza do povo e o sofrimento.
Nas estrelas do canto, o pensamento
Ergue um marco que é só anunciado.
Nossa sorte de povo injustiçado
É vencida por nós ao som da luta,
E, no meio do palco, o que se escuta
É o sol da justiça do sonhado.

Ao final desta dança bela e forte
Sou eu o cantador, dono da casa,
E, com versos de sangue, fogo e brasa,
Forjo o marco e celebro a minha sorte.
No viola, eu vou batendo a morte
E assumindo a coroa de guerreiro.
Ao cantar meu país, sou o lanceiro,
Olho o sangue ferido do meu povo
E sonho, ao meio-dia, um canto novo,
Levantando este marco brasileiro.

Antonio Nóbrega - Letras

©2003 - 2017 - musicas.mus.br