musicas.mus.br

Letras de músicas - letra de música - letra da música - letras e cifras - letras traduzidas - letra traduzida - lyrics - paroles - lyric - canciones - ROMANCE DO ALEIJADINHO - ANTONIO NóBREGA - música e letra

Utilize o abecedário abaixo para abrir as páginas de letras dos artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

Romance Do Aleijadinho letra


No tempo brasil colônia,
Terra de brancos barões,
Surgia um povo mestiço
Já filhos desses torrões.
Desejos de pátria livre
Tomavam seus corações.

Dentre estes brasileiros,
Chamados de desraçados,
Um filha de escrava negra,
Mulato, pobre e bastardo,
Virou mestre-entalhador,
Ofício o mais respeitado.

Mas um dia a doença
Com o destino combina;
Destrói-lhe as mãos e os pés,
Todo o seu corpo em surdina,
Cheio de chagas e dor,
Passa a cumprir sua sina.

Tinha a missão de fazer,
Com dois formões afiados
Bem amarrados aos punhos,
Homens, santos, lapidados
Da pedra e da madeira
Tal um filho livre gerado.

Eram os santos que esculpia
Mineiros inconfidentes.
Num apóstolo se via
As feições de tiradentes,
Um sonhador luminoso
Com a terra independente.

Do seu talhe então surgia
Uma nova identidade
Da pátria que se formava,
Mestiça, sim, de verdade.
Riscou na pedra e madeira
Caminhos da liberdade.

'a medida que seu corpo
Ia se desfigurando,
E com chagas crescentes
Ia se despedaçando,
O que caía no chão
Nova terra ia formando.

Talhando gente e frontões,
Nas minas ele vagava,
Visionário, itinerante,
Uma nação inventava.
Era um mestiço, meu deus,
Que um brasil profetizava.

Antonio Nóbrega - Letras

©2003 - 2017 - musicas.mus.br