musicas.mus.br

Letras de músicas - letra de música - letra da música - letras e cifras - letras traduzidas - letra traduzida - lyrics - paroles - lyric - canciones - SAMBADA DOS MESTRES - ANTONIO NóBREGA - música e letra

Utilize o abecedário abaixo para abrir as páginas de letras dos artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

Sambada Dos Mestres letra


As sete chaves das artes
Eu trago todas comigo
Com elas na minha mão
Enfrento qualquer perigo.
As tenho como presentes
Dos mestre, grandes amigos.

Meu mestre salustiano
Me deu lá na mata sul
Uma garganta de ouro
Para eu cantar maracatu.

Embolar com um ganzá
Aprendi com chico antônio.
Tocar tudo com a rabeca,
Cego aderaldo e sinfrônio.
Com esses dois instrumentos
Faço o maior pandemônio.

No improviso da viola
De todos sou o primeiro,
Porque sou cobra criada
Pelo pinto do monteiro.

Faceta no pastoril
Me ensinou ser mungangueiro.
Com dona santa aprendi
A batucar num terreiro.
E com leandro de barros
Me doutorei folheteiro.

Com o capitão pereira
Me diplomei menestrel.
Bumba-meu-boi ressucito
Igual a cristo no céu.

Eu louvo os mestres das danças,
Lhes dou todo meu carinho.
Pastinha e zé alfaiate,
Capoeira e caboclinho.
Eu louvo mateus guariba,
Do meu cavalo-marinho.

Vivo e brinco com meu povo,
Sou um cavaleiro andante.
Nesse nosso mundaréu
Minha sina é ser brincante.

Antonio Nóbrega - Letras

©2003 - 2017 - musicas.mus.br